quarta-feira, agosto 11, 2010

Explicando sentimentos

Ando fazendo grande esforço para explicar emoções e sentimentos. Algumas vezes, o intento é bom e me ajuda a compreender e resolver questões que se refletem em diferentes áreas da minha vida. É um bom momento, este, em que sinto que, tornando algum conflito consciente, evito que seus efeitos me incomodem novamente. Outras vezes, no entanto, trata-se de um esforço inútil. Não me faço entender nem ao outro nem a mim mesma e, ao invés de bem estar, ganho a frustração.
Começo a entender que nem tudo pode ser explicado. Por que não me permitir somente sentir? Por que criar expectativas sobre as emoções que brotam a todo momento em decorrência de fatos simples ou complexos, sobre o quais nem sempre tenho domínio? Quem tem alguma experiência com meditação sabe que, às vezes, é difícil lidar com a corrente de pensamentos que “gritam”dentro da mente. Nessa hora, brigar com os pensamentos é a pior atitude para quem deseja usufruir dos benefícios da meditação. Com a prática, aprende-se a aceitar os pensamentos, sem se apegar a nenhum deles, deixando-os ir e vir, sem se julgar por um dia mais tumultuado.
Percebo que posso fazer o mesmo com os sentimentos. Deixo-os vir e ir, sem tentar explicar aquilo que existe apenas para ser sentido. Também não julgo a tristeza que se aproxima, a saudade, a frustração pela expectativa não alcançada. Quase sempre, o melhor que se tem a fazer é reconhecer a emoção e acolhê-la. Vejo-me tentada a considerar alguns sentimentos inadequados ou desprezíveis. Qual o que! Não há certo ou errado no domínio do sentir. Talvez, sem momentos de tristeza, não tivéssemos o contraponto delicioso da alegria; sem a frustração, não aprenderíamos a reduzir as expectativas e viver com mais liberdade. Então, sejam bem-vindos sentimentos, TODOS!

Um comentário:

LP Coach disse...

Tudo que se resiste cresce, portanto deixe fluir.

Postar um comentário

Compartilhe o que você pensa sobre o que acabou de ler! Ficarei feliz em podermos "conversar" um pouco!

Web Statistics