quarta-feira, junho 30, 2010

Sobre a solidão...

Solidão existe? Já tive muito medo dela. Um medo paralisante! Hoje, olho-a com respeito, mas sem temor. No entanto, mesmo tendo desmascarado esse fantasma, há pessoas que insistem em trazê-lo de volta pra mim. Algumas chegam ao requinte de me ameaçar: “você ainda vai se deparar com ela. Será inevitável.” Eu titubeio. Afinal, dizem que a maioria sempre vence. Mas, dentro de mim, tenho que dizer que não tenho medo.
O que me assusta mesmo é a reação das pessoas a tudo o que não entendem. Eu é que não entendo como alguém ainda pode achar que conhece a verdade e que ela é uma só. Não sou eu que sou múltipla ou diferente, é o mundo que vivemos. Aliás, essa coisa de multiplicidade ou diversidade é natural: se nenhum organismo vivo é igual a outro, se as folhas de uma árvore não se repetem jamais, como pode alguém achar que há uma só verdade, um só jeito de ver o mundo?
Confesso que cheguei a duvidar de mim. Tenho tido ideias, vivido sonhos diferentes e sonhado com caminhos que não imaginava possíveis. Acredito em coisas boas, encontro pessoas maravilhosas e tenho descoberto que o coração pode bater, apaixonado, pela vida. Aliás, às vezes tenho a sensação de que minha alma tem sorrido mais, mesmo quando eu choro.
Também descobri que Deus está muito mais avançado no mundo digital do que eu. É por onde tem me enviado anjos, amigos novos e antigos, mãos firmes que seguram a minha quando ameaço cair. Também recebo mensagens em momentos tão adequados que chego a me espantar. A vida é um espanto e é espantada que eu ando me dando conta das minhas próprias diversidades, tentando inclui-las num mundo que ainda exclui o “diferente”. Tenho certeza de uma coisa: não estou SÓ!

3 comentários:

Dagui disse...

Com certeza não está!
Suas palavras ecoam de um coração e uma alma em pleno vôo...
Deixe-se levar e seja imensamente feliz!

Silvio Freire disse...

E mesmo quando estamos sós, a sala pode estar cheia...

Mônica disse...

Dagui e Silvio, vcs têm sido companhias importantes nesses vôos. Obrigada!

Postar um comentário

Compartilhe o que você pensa sobre o que acabou de ler! Ficarei feliz em podermos "conversar" um pouco!

Web Statistics