segunda-feira, dezembro 13, 2010

Hoje eu vou mudar

Nessa onda de questionar as motivações e os impedimentos à mudança e à transformação, encontrei essa música que minha mãe escutava em vinil quando eu era criança. Perfeita e muito atual! Vamos aproveitar o embalo de fim de ano? Há sempre algo a ser modificado, uma gaveta a ser arrumada...

Mudanças
Vanusa e Sérgio Sá

Hoje eu vou mudar
Vasculhar minhas gavetas
Jogar fora sentimentos
E ressentimentos tolos.

Fazer limpeza no armário
Retirar traças e teias
E angústias da minha mente
Parar de sofrer
Por coisas tão pequeninas
Deixar de ser menina
Pra ser mulher!

Hoje eu vou mudar
Por na balança a coragem
Me entregar ao que acredito
Pra ser o que sou sem medo.

Dançar e cantar por hábito
E não ter cantos escuros
Pra guardar os meus segredos
Parar de dizer:

"Não tenho tempo pra vida
Que grita dentro de mim
Me liberta!"

(DECLAMANDO)

Hoje eu vou mudar
Sair de dentro de mim
E não usar somente o coração
Parar de cobrar os fracassos
Soltar os laços
E prender as amarras da razão!

Voar livre
Com todos os meus defeitos
Pra que eu possa libertar
Os meus direitos
E não cobrar dessa vida
Nem rumos e nem decisões!

Hoje eu preciso
e vou mudar
Dividir no tempo
E somar no vento
Todas as coisas
Que um dia sonhei
conquistar,

Porque sou mulher
Como qualquer uma
Com dúvidas e soluções
Com erros e acertos
Amor e desamor.

Suave como a gaivota
E ferina como a leoa
Tranqüila e pacificadora
Mas ao mesmo tempo
Irreverente e revolucionária!

Feliz e infeliz
Realista e sonhadora
Submissa por condição
Mas independente por opinião,

Porque sou mulher
Com todas as incoerências
Que fazem de nós
Um forte sexo fraco!

3 comentários:

Anônimo disse...

Lindíssimo. É expressão do que vivo também.
Parabens. Gemma

Mônica disse...

Que bom que estamos na mesma sintonia! Bj

Paulo Tamburro disse...

OLÁ MÔNICA!

Que ótimo você ter colocado este vídeo.

Foi ontem, e me lembro bem desta música.

Mudanças são sempre a esperança de boas
transformações.

Cabe a nós sabermos, direcioná-las.

Aproveito a oportunidade para convidar você a conhecer meu blog de humor: HUMOR EM TEXTO.

A crônica da semana é: "DOUTOR, FUI ESTUPRADO".

Aqui vai um pequeno trecho e se gostar, ficarei honrado com sua prsença, pois somos uma imensa família com mais de 1200 seguidores.

Confira:

"No melhor estilo de Nelson Rodrigues, um dos maiores dos nossos dramaturgos , um rapaz de 22 anos entra na delegacia do Leblon e queixa-se para o delegado:

-Doutor fui estuprado.

O delegado olha bem aquele rosto e com uma indisfarçável inveja reconhece lesões arroxeadas no pescoço, e marcas de dentes no rosto da vitima e pergunta:
-O corpo todo está assim?
- Está doutor..."

Estou lhe esperado.

Combinado?

UM ABRAÇÃO CARIOCA!

Postar um comentário

Compartilhe o que você pensa sobre o que acabou de ler! Ficarei feliz em podermos "conversar" um pouco!

Web Statistics