domingo, agosto 30, 2009

O outro lado do enfarte / Um presente!

Meu pai, ontem, teve um enfarte. Está internado em um hospital, com o quadro estável. Junto com o susto, deu-me uma grande lição de vida. Pegos de surpresa, eu e ele, pois levei-o ao hospital para medicar o que ele achava ser uma crise de labirintite, não o vi, em nenhum momento, externar descrença em sua vida, medo ou qualquer outro sentimento negativo. Eu, que há alguns dias vinha lutando contra uma melancolia insistente e exaurida pelo excesso de pequenos compromissos de que enchi minha vida, vi-me curada no momento em que soube do problema do meu pai.
Qual o sentido de problematizar a vida se nada sabemos sobre o que vamos viver no próximo instante? Por que me preocupar com a agenda da semana, se nada me garante que não haverá algum súbito motivo na segunda-feira para cancelar todas as marcações?
Pronto! Lembrei-me, com a enfarte do meu pai, da fugacidade da vida, da necessidade de se viver apenas um momento de cada vez e da infinita beleza de cada instante. Sem saber, meu pai presenteou-me com algo de muito valor, ontem, no hospital: devolveu-me a alegria de viver! Hoje ao fazer café, peguei-me pensando na mágica que é colocar água quente no pó marrom para produzir uma bebida de que gosto tanto. E que me motiva a sentar e conversar com familiares e amigos... Naquele instante, percebi: isso que é viver. Quero estar verdadeiramente presente em cada momento em que me é possível exercitar o existir, com todas as suas intercorrências.
Obrigada, pai! Que toda a FORÇA existente no Universo, esteja com você agora, fazendo chegar ao corpo e ao espírito poderosa energia de CURA e de ALEGRIA, contrariando qualquer outra vibração que possa emanar de uma UTI.

2 comentários:

Marcelo disse...

A vida nos dá uma lição a cada dia. Muitas delas passam desapercebidas. Estamos torcendo pela recuperação do seu pai, que por sinal se mostrou muito forte.

Mônica Lima Rocha disse...

Oi Monica, melhoras para seu pai!
Bjos.

Postar um comentário

Compartilhe o que você pensa sobre o que acabou de ler! Ficarei feliz em podermos "conversar" um pouco!

Web Statistics